Por André Pantalião

Entrevista com um Vizir – Hugo Posca

12.10

Ficamos um tempo sem novas entrevistas porque o Sakuma e o Cartola seguraram um pouco a fila, não enviando a resposta da entrevista deles hehe… Ainda não publicamos as deles, mas segue o jogo e em breve publicaremos a dele

O entrevistado de hoje é o Hugo. O legal da história do Hugo é que ele passou na Vizir para batermos um papo, a vaga que ele trabalharia não estava muito bem definida e nem era uma entrevista formal. A conversa rolou muito bem e na semana seguinte fez um outro bate-papo e estava contratado! Seja muito bem-vindo ao nosso time Hugo.

Passe seus dados… Qual seu nome e idade?
R. Hugo Posca de Vasconcelos, 28 anos

Como te chamam na Vizir? E fora da empresa (por favor só adjetivos publicáveis)?
R. Até o momento me chamam de Hugo. Mas desde de 2004 sou mais conhecido por Aderbal, apelido que ganhei no cursinho e foi passando para a faculdade, para o time de baseball e até para ambientes de trabalho!

Você trabalhava em um projeto bem mais formal, que envolvia segurança nacional certo? Qual a diferença de mudar para uma equipe menor e menos formal?
R. A maior mudança é a liberdade de realmente fazer as coisas. E não a luta constante de ter que se adequar a uma burocracia que só atrapalha o próprio projeto e que faz com que, mesmo depois de dois anos de um projeto de gigantesca importância para o país, ele não saia do papel e nem tenha um “norte” definido.

Você é um cara que manja de DevOps e de desenvolvimento, o que você gosta mais?
R. Não sei se dá para dizer que gosto mais de uma parte ou de outra, gosto bastante da ideia de fazer algo útil a alguém. A parte interessante do “DevOps” é a mistura das duas partes, com o objetivo de pegar uma ideia e entregá-la redonda o mais rápido possível para quem essa ideia é importante.

O que você acha que trouxe de bom para o time da Vizir? No que você acha que se sai melhor?
R. A experiência de ter trabalhado como programador, voltado para o mercado financeiro além de ter tido a experiência não muito agradável de saber como a burocracia atrapalha em um projeto.

Onde você estuda? Ou já estudou?
R. Me graduei em Ciência da Computação no IME-USP.

Quando você não está trabalhando o que gosta mais de fazer?
R. Jogar EVE Online (o jogo online considerado como o mais difícil do mundo), ver filmes e viajar!!

Um filme que você gosta…
R. The Matrix

Qual o último livro que você leu? E o livro que você mais gosta?
R. O último livro que li foi “Montenegro: As Aventuras do Marechal que fez uma Revolução nos Céus do Brasil”. Já o que mais gosto é o “O Senhor dos Anéis”.

Qual o estilo de música preferido? Qual a banda ou cantor(a) preferido?
R. Não tenho um estilo preferido… ouço de música clássica a música eletrônica, passando por Jazz, Rock e Metal! Uma cantora que tenho grande apreciação é a cantora nipo-americana Utada Hikaru.

Um vídeo do You Tube.
R. RSA Animate – Drive: The surprising truth about what motivates us

Uma música que você não gosta mas sabe a letra.
R. “Beijinho no ombro” da Valesca Popozuda

E o que tem achado da Vizir até agora? Tem curtido esta galera?
R. A Vizir está sendo muito legal. O pessoal é divertido, focado e faz tudo com seriedade.

 

tags

André Pantalião

Autor do Post

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Mauris scelerisque metus purus, tincidunt consequat enim interdum ut. Duis eget posuere ligula, quis pharetra ipsum.

Recentes