A entrevista de hoje vai ser feita com a primeira dama a se juntar ao nosso time, a Karen. Coitada da Karen, uma menina em 17 pessoas. Mas até o momento ela tem sobrevivido!
Ela trabalhou durante muito tempo com um conhecido nosso, o Sérgio Monteiro da Core Factory. Junto com seus familiares, ela tem um e-commerce de semijoias, a brilhe.me.

Passe seus dados… Qual seu nome e idade? 
Meu nome é Karen Koritiak e tenho 26 anos.

 

Como te chamam na Vizir? E fora da empresa (por favor só adjetivos publicáveis)? 
Por enquanto, de Karen mesmo. Mas acho que não demora muito para me arrumarem um apelido hehehehe. Fora da Vizir, me chamam de Ká, ou KK.

 

Onde você estuda? Ou já estudou?
Estudei Processamento de Dados na Fatec-SP. Formei-me em dezembro de 2009.

 

Quando você não está trabalhando o que gosta mais de fazer? 
Assistir filmes, séries, Jamie Oliver ou Net Geo Wild, observar o céu noturno, pintar miniaturas e cozinhar coisas diferentes.

 

Um filme que você gosta…
Difícil, gosto de vários! Mas vou resumir em Forrest Gump e O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei.

 

Qual o último livro que você leu? E o que você mais gosta? 
O Arqueiro, do Bernard Cornwell. Sou fã de Tolkien, mas o livro, na verdade trilogia, que mais me marcou foi Crônicas de Artur, também do Bernard Cornwell.

 

Qual o estilo de música preferido? Qual a banda ou cantor(a) preferido?
Ouço basicamente rock e trilhas sonoras de filmes/séries, principalmente para trabalhar. Minha banda favorita é The Beatles, mas Iron Maiden está logo atrás.

 

O que você acha que trouxe de bom para o time da Vizir? No que você acha que se sai melhor?
A vontade de aprender coisas novas e fazer os projetos acontecerem, além do toque feminino, claro. Eu gosto muito de programar, então acho que me saio bem com qualquer coisa relacionada.

 

O que mais te atraiu para vir trabalhar na empresa?
O ambiente de trabalho, que está longe do corporativismo, e o fato da Vizir estar disposta a testar novas tecnologias. Como vim de uma startup, acho que é o lugar ideal para essa minha nova fase.

 

Assim como o Adelson, um de seus hobbies é astronomia, certo? Conte um pouco mais sobre isto.
Sempre tive curiosidade sobre a grandiosidade do Universo, mas descobri que é um assunto que realmente me empolga depois que fiz um curso na Escola Municipal de Astronomia, no Parque do Ibirapuera. Desde então, comprei um binóculo para começar as observações amadoras, e sempre participo das palestras e observações com telescópio que o EMA promove. Quem tiver interesse, pode acompanhar pelo Facebook.

 

Fale um pouquinho mais sobre a brilhe.me. O que foi mais legal que você aprendeu? 
A ideia da brilhe.me é promover promoções diárias para que mulheres modernas possam adquirir produtos de qualidade com o menor preço. Nada de bijoux da 25 de março hehehehe. Quando você abre um negócio, não existe um dia que você não aprenda algo novo. Mas acho que o mais importante que aprendi foi a arriscar. Com um ano e meio de vida, a brilhe.me ainda é um negócio muito pequeno e incerto, mas estou feliz de ter feito essa escolha, e não viver o resto da vida com aquela dúvida “como seria se eu tivesse tentado?”.

 

E o que tem achado da Vizir até agora? Está muito chato este bando? 
Putz, está difícil, os caras são chatos mesmo! Brincadeiras à parte, o perfil do pessoal é muito parecido com o meu, então a adaptação está sendo fácil.

 

Valeu Karen e obrigado por se juntar a nós!